Cetáceos MadeiraBoca de Panela

Globicephala macrorhynchus

 

Distribuição geral da espécie a nível nacional e Europeu e tendências populacionais

Esta espécie vive em águas tropicais e temperadas quentes. Não é observada a norte dos Açores e apresenta a sua área distribuição principal da Madeira e Noroeste Africano para sul até, possivelmente, ao Senegal. As Ilhas Canárias apresentam uma população residente todo o ano.

Ecologia da espécie

Espécie que habita o domínio pelágico. Nómadas em geral, sem migrações fixas, mas algumas movimentações norte - sul estão relacionadas com os movimentos das presas ou incursões de água quente. Apresentam também movimentos costa - largo associados à desova das lulas, uma das suas presas. Algumas populações são residentes durante o ano inteiro, nomeadamente no Havai e Canárias.

 

 

Principais ameaças

Tal como acontece com Tursiops truncatus e Stenella frontalis esta espécie é alvo das embarcações marítimo-turísticas e de pesca desportiva na actividade de "dolphin-watching". O facto destes animais se alimentarem, entre outros, de tunídeos tem-lhes valido a repugna dos pescadores de atum. Apesar de não termos observado indícios de Globicephala macrorhynchus mortos pelo homem, tal não é de excluir, especialmente se tivermos em atenção que estes animais não se aproximam tanto da costa e portanto são reduzidas as possibilidades do arrojamento de um destes animais.

 

 

 

Copyright 2000 Museu da Baleia - Madeira, all rights reserved